Dia das Crianças deve movimentar R$ 18 milhões no comércio varejista de Mossoró

05/10/2023

Dados do Instituto Fecomércio apontam para um gasto médio de R$ 168,14 por mossoroense. 

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Da Assessoria/Fecomércio RN

O último trimestre do ano concentra algumas das datas mais importantes para o comércio varejista. A primeira é o Dia das Crianças, que, em 2023, deve movimentar R$ 18 milhões em Mossoró e R$ 96 milhões em Natal. De acordo com pesquisa do Instituto Fecomércio RN (IFC), o volume injetado na economia deve crescer mais de 60% na segunda maior cidade do estado, que movimentou R$ 11 milhões no ano passado, e cerca de 45% na capital, que registrou R$ 66 milhões em 2022.

Para o presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, os negócios potiguares devem estar preparados para aproveitar a data comemorativa. "Esse é um dos períodos de maior faturamento do comércio, então essa projeção de crescimento tão expressiva é muito animadora para os negócios locais. Com mais gente querendo comprar presentes e passear com as crianças, estamos esperando um aumento de pelo menos 35% no valor dos gastos médios", ressaltou Marcelo.

Em Natal, entre os dias 2 e 12 de setembro, 615 consumidores participaram do levantamento. No município de Mossoró, durante o mesmo período, um total de 570 pessoas foram entrevistadas pela equipe do IFC. O nível de confiança de ambas as pesquisas é de 95%, com margem de erro de 4 pontos percentuais.

De acordo com o IFC, a maior parte dos mossoroenses (56,9%) também pretende comprar presentes para as crianças. Porém, diferente de Natal, a maioria das pessoas que vai às compras na capital do Oeste pertence ao sexo feminino (57,7%), tem de 35 a 44 anos (66,9%), possui Ensino Médio completo (57%) e recebe de 3 a 5 salários mínimos por mês (65,8%).

Cerca de 55,2% dos entrevistados declarou que gastará com presentes para os filhos, enquanto 30,4% comprarão para os sobrinhos. Além disso - em contraste com a capital potiguar, onde a maioria comprará entre dois e três presentes - 40,6% dos consumidores de Mossoró pretendem comprar apenas um item.

Para tanto, os mossoroenses devem gastar aproximadamente R$ 168,14 – um aumento de 38,5% em relação ao valor registrado em 2022, quando a média foi de R$ 121,41. Os itens mais procurados serão os brinquedos (59,8%) e roupas (36,8%), mas os consumidores também devem gastar cerca de R$ 145,92 levando as crianças para passear (20,4%) e indo à praia ou lagoa (35,7%).

Natalenses devem gastar mais de R$ 180 em presentes

A expectativa é que 67,6% dos natalenses vá às compras para o Dia das Crianças - um crescimento de 3,9 pontos percentuais (p.p.) em relação ao mesmo período de 2022, quando 63,7% dos entrevistados pretendiam comprar. A maior parte pertence ao sexo masculino (68,5%), tem de 35 a 44 anos (75,3%), possui Ensino Médio completo (71,3%) e recebe de 6 a 10 salários mínimos por mês (72,2%).

A maioria deseja presentear filhos (50,6%), enquanto 36% comprará para sobrinhos. Além disso, 44,7% vai adquirir entre dois e três presentes. Com gasto médio de R$ 184,58, os brinquedos são os preferidos de quem vai às compras na capital (59,5%), seguidos de itens de vestuário (32,6%) e calçados (10,1%).

O setor varejista também está otimista para o comércio de Serviços, considerando que a data pode impulsionar a procura por lazer, alimentação e entretenimento. Além de investir em presentes, cerca de 34,4% dos entrevistados pretende passear com as crianças e 27,7% irão a shoppings. Neste passeio, o gasto médio será de R$ 172,95.

Confira as pesquisas completas no site: https://fecomerciorn.com.br/pesquisas.